Senar leva assistência técnica e promove educação e saúde a famílias da área rural de Brumadinho

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) vai levar assistência técnica e gerencial e promover ações sociais para atender, por dois anos, cerca de 790 famílias da área rural impactadas pelo rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais.


O projeto SuperAção Brumadinho envolve o Sistema CNA/Senar, a Faemg (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) e o Senar-MG. A atuação será focada no resgate da cidadania para a melhora da qualidade de vida por meio de ações educacionais, produtivas e empreendedoras.

A iniciativa faz parte de uma Aliança criada para apoiar Brumadinho e consiste em um pacto entre os governos federal, estadual e municipal junto às empresas, organizações da sociedade civil e serviços sociais autônomos.

As famílias rurais que serão atendidas pelo Senar estão inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e estão enquadradas em situação de extrema pobreza com renda mensal de R$ 89 a R$ 178 por pessoa.

O Senar realizará ações voltadas para a saúde preventiva como campanhas de saneamento básico, saúde do homem e saúde da mulher rural. Também estão previstas capacitações em ocupações profissionais voltadas para o campo, como criação de pequenos animais, horticultura, fruticultura, apicultura, pedreiro, carpinteiro, eletricista rural, entre outros, além de atividades como produção de artesanatos em tecidos, sementes e cascas, produção artesanal de alimentos e doces.

Os beneficiados serão divididos em grupos de acordo com a aptidão agropecuária para receberem a ATeG. Os técnicos do Senar farão as visitas bimestrais para acompanhar a evolução dos produtores e seus resultados em todas as etapas.

O trabalho terá cinco grandes etapas:

- Diagnóstico socioeconômico e ambiental

- Elaboração, definição e viabilização das ações de capacitação e Assistência Técnica e Gerencial

- Mobilização dos produtores para as capacitações e Assistência Técnica e Gerencial

- Acompanhamento sistemático da evolução dos produtores e seus resultados, com gestão sistêmica de todas as etapas do projeto

- Macro gestão operacional, econômica e técnica dos resultados que serão gerados através das ações propostas no projeto.

Fomento - Um acordo de cooperação celebrado entre o Senar e o Ministério da Cidadania também beneficiará essas 790 famílias rurais atingidas pelo rompimento da barragem de Brumadinho.

A partir das ações promovidas pelo Senar, as famílias terão condições de implantar projetos produtivos com o auxílio técnico. Em contrapartida, o Ministério da Cidadania destinará um recurso de R$ 2.400 (por projeto) divididos em duas parcelas do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais. Como essas famílias são inscritas no Cadastro Único, o beneficiado deverá realizar o saque pelo cartão do Programa Bolsa Família na medida em que o recurso for liberado.


fonte: http://www.sistemafaemg.org.br/Noticia.aspx?Code=18630&Portal=1&PortalNews=1&ParentCode=139&ParentPath=None&ContentVersion=R&fbclid=IwAR34ugKpgmWyx68_AOYxp0pZkG38MxobuAKy_Zrm4QWA6VL8EOgfSQlLpOs

0 visualização