top of page

Inmetro realiza ensaio de prótese com 10 milhões de ciclos


PRÓTESES ORTOPÉDICAS

No Brasil, o Inmetro é pioneiro na execução do ensaio de simulação do desgaste de próteses articulares em laboratório. Por isso foi possível, ao longo dos anos, o estabelecimento de um banco de dados de desgaste de próteses ortopdicas para servir de referência para a indústria nacional nos seus futuros desenvolvimentos.


Um exemplo? Recentemente, o Laboratório de Biomateriais e Tribologia (Labit) do Instituto executou um ensaio de desgaste em uma prótese de joelho de um fabricante nacional com até 10 milhões de ciclos, ou seja, o dobro recomendado pela norma ABNT NBR ISO 14243-3. “Ainda que a norma não exija um ensaio tão prolongado, o ensaio de 10 milhões de ciclos representa um marco nacional na execução deste tipo de ensaio, porque permitiu confirmar o desempenho da prótese durante o tempo projetado de 10 anos de uso no paciente”, explica o pesquisador Rafael Trommer.


O desempenho de uma prótese ortopédica de joelho pode ser determinado por meio de inúmeros tipos de análises e ensaios, antes da implantação no paciente. Uma das análises pré-clínicas fundamentais da qualidade deste tipo de prótese é o desempenho de desgaste simulado em laboratório. Tal avaliação traz mais segurança para o cirurgião e, principalmente, para o usuário. Conte com o Inmetro!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page